PPA Participativo

Governo da Bahia
 
 
 
 
  1. Aumentar Fonte
  2. Diminuir Fonte
PPA-P BACIA DO RIO CORRENTE

Imagens do dia

Confira algumas imagens da plenária realizada em Santa Maria da Vitória

Postado em: 16/04/2011 09:29:54
Baixe os arquivos:
Baixar: Foto - Cadastramento
Baixar: Foto - Debate

Entrevista - Zezéu Ribeiro (secretário do Planejamento)

zezeu_abertura_blog.jpg

Confira a entrevista com o secretário do Planejamento, Zezéu Ribeiro, sobre os objetivos do PPA Participativo e o projeto de pactuação de propostas, metas e diretrizes com a sociedade.

Postado em: 16/04/2011 09:22:06
Baixe os arquivos:
Baixar: Foto - Zezéu Ribeiro
Baixar: Entrevista - Zezéu Ribeiro

Território de Identidade da Bacia do Rio Corrente define prioridades no PPA Participativo

Aos 41 anos, Maria de Lourdes dos Anjos Pires está cursando a 7ª série. Não esconde a satisfação por ter tomado coragem de voltar para a sala de aula há quatro anos, estimulada pela chegada da Educação para Jovens e Adultos (EJA), programa implantado no Assentamento Nova Esperança, localizado no município de São Félix do Coribe, a 1.045 quilômetros de Salvador.

A cidade é uma das 11 que integram o Território de Identidade da Bacia do Rio Corrente, no oeste baiano. Nesta quinta-feira (14) foi realizado no território a plenária do Plano Plurianual (PPA) Participativo 2012-2015, no Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Corrente, no município de Santa Maria da Vitória (a 989 quilômetros de Salvador).

Representantes da sociedade civil organizada e dos poderes públicos debatem sobre as demandas do território e apontam quais as prioridades a serem inseridas no PPA 2012-2015, instrumento de planejamento que está em fase de elaboração pelo Governo do Estado.

O secretário do Planejamento, Zezéu Ribeiro, que participou dos trabalhos da plenária desta quinta, enfatizou o processo de construção do PPA Participativo por meio de um diálogo qualificado. Segundo ele, para garantir a efetividade das diretrizes estratégicas, deve ser firmado um “pacto onde tenha comprometimento do Estado com a execução e mecanismos de controle institucional e também por parte da sociedade”.

O secretário de Relações Institucionais, Cézar Lisboa, enfatizou a importância do diálogo qualificado nas plenárias, onde estão reunidos representantes de diversos segmentos da sociedade civil organizada. Para ele, o PPA Participativo está sedimentado em três pilares básicos: noção de desenvolvimento, inclusão social e democracia.

A professora Marlene Nery de Novaes expressou seus anseios em relação ao planejamento da Bahia em “mais qualidade na educação, na aprendizagem, e ter mais recursos (para a educação)”.

Construção do futuro

Todo cidadão pode contribuir para a elaboração do PPA, por meio do site do Plano. No endereço, pessoas como a agricultora Maria de Lourdes podem expressar suas sugestões para a construção do futuro da Bahia. Para ela, a educação é fundamental.

Mãe de quatro filhos, três em idade escolar (16, 12 e 10 anos), afirma que após realizar o grande sonho de todo agricultor - ter a própria terra -, agora sua luta é para que os filhos estudem. Da mesma forma que ela, os filhos estão matriculados na escolinha do assentamento. A unidade tem três salas de aula e atende a 40 famílias – cerca de 150 pessoas – que moram no assentamento. Porém deseja mais. “Quero que minha filha faça faculdade. Vou ter que conseguir uma casa para ela morar na cidade”, planeja.

Sugestões para implantação de escolas, faculdades, cursos profissionalizantes, entre outras necessidades podem ser indicadas pelo site na internet durante o PPA Participativo, que se estende até o final de maio. Valmira Queiroz, representante do Conselho de Desenvolvimento Territorial do Rio Corrente, observou a necessidade de instalação de uma universidade pública na região, além da construção de um hospital regional.

Principais propostas

Participaram da plenária de Santa Maria da Vitória 232 inscritos. O estudante de teatro, Robson Vieira dos Anjos, 25 anos, participou do grupo de Cultura, Ciência e Tecnologia, Copa 2014 e Gestão Democrática. Ele pontuou as principais sugestões. “Pensamos em propostas que pudessem contemplar o território inteiro como um centro cultural para o território e um museu territorial”.

Porém, observa o estudante, a sugestão ultrapassa a mera implantação de um centro cultural, museu ou sala de cinema. “Pensamos a possibilidade de formar atores aqui, valorizando o lugar onde moram e o espaço em que estão inseridos”, explica. No campo da tecnologia foi proposta a criação de um instituto de pesquisa, com foco no bioma da região, que é o cerrado.

Vários aspectos da educação foram demandados da plenária que tratou do tema. Luiz Ricardo Braga, coordenador pedagógico da Diretoria Regional de Educação (Direc) de Bom Jesus da Lapa, que congrega nove municípios do Território de Identidade da Bacia do Rio Corrente, elenca algumas propostas do setor.

No ensino profissionalizante, foi solicitada estruturação de centros territoriais que atendam as demandas de todos os municípios do território, disseminando o conhecimento profissionalizante. Foi recomendada ainda a inclusão no PPA de ações de incentivo à educação profissional, abertura de uma universidade pública, criação de um polo da universidade aberta e políticas de valorização do profissional do campo e para o campo.

Mais sugestões

O agricultor Felismino Tavares dos Santos, 44 anos, membro do sindicato e da associação de agricultores da região, também apresentou propostas. “Com o PPA a gente pode falar o que está ruim, o que precisa melhorar. O meio ambiente está muito destruído, tem garrafa plástica para todo lado, sugerimos que o assunto seja tratado com mais seriedade nas escolas”.

O professor José Valter dias da Costa, 45 anos, está participando das discussões sobre Educação. Pela primeira vez acompanhando o PPA, ele acredita que a iniciativa seja o caminho adequado para se melhorar a qualidade da educação nas escolas da região. “É uma forma de democratização, de levar a todos a proposta de participar de um plano em que a pessoa está inserida e tem a oportunidade de ver o seu projeto realizado. É uma proposta que parte de baixo para cima, e não de cima para baixo”.

Leia também sobre a plenária realizada nesta quinta, em Ibotirama, no Território de Identidade Bacia do Velho Chico.

Postado em: 16/04/2011 09:13:46

Entrevista - Robson dos Anjos (estudante)

robson_vieira_dos_anjos_estudante_blog.jpg

Confira a entrevista com o estudante de teatro, Robson dos Anjos, 25 anos, sobre as propostas do Território da Bacia do Rio Corrente nas áreas de Cultura, Ciência e Tecnologia, Copa 2014 e Gestão Democrática.

Postado em: 16/04/2011 09:08:29
Baixe os arquivos:
Baixar: Entrevista - Robson dos Anjos
Baixar: Foto - Robson dos Anjos

Entrevista - Luiz Ricardo Braga - coordenador pedagógico

luiz_ricardo_braga_coordenador_pedagogico_blog.jpg

Confira a entrevista com o coordenador pedagógico da diretoria regional de Educação, Luiz Ricardo Braga, sobre as propostas para o território na área de Educação. Entre elas destaca-se o incentivo a educação profissional, a abertura de um pólo da Universidade Aberta. Segundo Luiz, todas as propostas visam qualificar e incentivar a produção de conhecimento.

Postado em: 16/04/2011 08:58:35
Baixe os arquivos:
Baixar: Foto - Luiz Braga
Baixar: Entrevista - Luiz Ricardo Braga

Santa Maria da Vitória

O raiar do dia em Santa Maria da Vitória. Crédito: Ronaldo/Agecom

Postado em: 14/04/2011 18:57:50

População da Bacia do Rio Corrente contribui para o PPA Participativo

zezeu_abertura2_blog.jpg

Representantes de diversos segmentos dos onze municípios do Território de Identidade da Bacia do Rio Corrente estão reunidos, durante esta quinta-feira (14), em Santa Maria da Vitória, a 989 quilômetros de Salvador, para consolidarem as suas propostas para o Plano Plurianual Participativo (PPA). O plano irá orientar as ações do governo nos próximos quatro anos e está sendo discutido nos 26 territórios de identidade que formam a Bahia.

Desde cedo, professores, agricultores, empresários, comerciantes e outros trabalhadores fizeram suas inscrições para que todas as opiniões e sugestões sejam expostas e possam ser incluídas no planejamento dos eixos temáticos Inclusão Social e Afirmação dos Direitos, Desenvolvimento Sustentável e Infraestrutura para o Desenvolvimento e Gestão Democrática do Estado.

O agricultor Felismino Tavares dos Santos, 44 anos, membro do sindicato e da associação de agricultores da região, traz propostas para serem aproveitadas pelo planejamento para a Bahia nos próximos quatro anos. “Com o PPA a gente pode falar o que está ruim, o que precisa melhorar. O meio ambiente está muito destruído, tem garrafa plástica para todo lado, a gente vai sugerir que o assunto seja tratado com mais seriedade nas escolas”.

A sugestão de Felismino complementa a do professor José Valter Dias da Costa, 45 anos, que participa das discussões sobre Educação. Pela primeira vez acompanhando o PPA, ele acredita que a iniciativa seja o caminho adequado para melhorar a qualidade da educação nas escolas da região. “É uma forma de democratização, de levar a todos a proposta de participar de um plano em que a pessoa está inserida e tem a oportunidade de ver o seu projeto realizado. É uma proposta que parte de baixo para cima, e não de cima para baixo”.

Pacto com a sociedade

Segundo o secretário do Planejamento, Zezéu Ribeiro, com o PPA o governo do Estado está estabelecendo um pacto com a sociedade. “Nós definimos políticas públicas que se firmaram. Queremos agora cotejar isso com os anseios mais imediatos e localizados da população para que a gente dê um salto de qualidade”.

O secretário falou que para que seja possível levar as propostas adiante, está sendo montado um sistema de monitoramento que vai aliar Estado e sociedade, em suas diversas formas de organização. “Para as propostas chegarem à população em forma de benefícios, é preciso que haja um pacto efetivo, um comprometimento do Estado em relação à execução e um mecanismo de controle por parte da sociedade”.

O secretário das Relações Institucionais, Cézar Lisboa, na abertura da plenária, disse que, com o PPA, o governo do Estado está promovendo um diálogo qualificado. “Estamos trabalhando para acabar com o quadro de pobreza extrema na Bahia e fazer isso a partir de princípios e propostas. Quais as ações precisamos implementar, quais as atividades que o governo do Estado precisa implantar para atingir este objetivo? É isto o que estamos procurando saber aqui”.


O PPA é uma iniciativa boa porque busca-se incluir as demandas dos municípios no planejamento do estado. A professora disse que é uma boa oportunidade para aprender coisas novas, ainda mais por ser uma educadora. Ela fala de algumas propostas para melhorar a educaçao no território.

Postado em: 14/04/2011 14:56:59

Zezéu Ribeiro, Secretário do Planejamento

zezeu_abertura_blog.jpg

Em seu discurso de abertura da plenária realizada na manhã de hoje (14.04), em Santa Maria da Vitória, o secretário do Planejamento, Zezéu Ribeiro, ressaltou o processo de aprimoramento do PPA Participativo, a partir da experiência do PPA 2008-2011. Neste segundo PPA-P, o diálogo qualificado se dará a partir da pactuação de propostas, metas e diretrizes entre os representantes de associações, sindicatos e municípios com o poder público estadual.

Postado em: 14/04/2011 13:42:15

Cézar Lisboa, Secretário de Relações Institucionais

cezar_lisboa_blog.jpg

O PPA Participativo busca um diálogo qualificado e está sedimentado em três pilares básicos: noção de desenvolvimento, inclusão social e democracia. Essa posição foi defendida pelo secretário de Relações institucionais, Cezar Lisboa, que participou, na manhã de hoje (14.04) da abertura da plenária do Território de Identidade da Bacia do Rio Corrente, realizada em Santa Maria da Vitória.

Postado em: 14/04/2011 13:40:26

Padre Amário, Prefeito de Santa Maria da Vitória

padre_amario.jpg

Na abertura da plenária, o prefeito de Santa Maria da Vitória, Padre Amário, defendeu a parceria entre os poderes públicos federal, estadual e municipal para o desenvolvimento e execução de políticas, pois, para ele, não é possível "fazer nada de uma mão só”.

Postado em: 14/04/2011 12:57:25

Valter Néry

valter_nery.jpg

O representante do Conselho de Desenvolvimento Territorial da Bacia do Rio Corrente, Valter Nery, na sua fala durante a abertura da plenária enfatizou que o conselho é um espaço de planejamento estratégico e também um instrumento de interlocução entre a sociedade e o poder público para a execução de políticas públicas.

Postado em: 14/04/2011 12:53:40

Valmira Queiroz - Articuladora Territorial

valmira_blog.jpg

A representante do Conselho de Desenvolvimento Territorial do Rio Corrente, Valmira Queiroz, que participou da abertura da plenária, destacou a importância do esforço da sociedade civil na criação do Território da Bacia do Rio Corrente, que fortaleceu a identidade dos municípios do território. Ela lembrou a necessidade de atrair grandes investimentos, bem como o desejo de implantação de uma universidade pública e construção de um hospital regional.

Postado em: 14/04/2011 12:48:38

Conhecer, aprender e propor

marlene-nery-de-novaes_blog.jpg

Decida a contribuir com a área que atua, a professora Marlene Nery de Novaes, chegou a plenária do PPA Participativo 2012-2015, no município de Santa Maria da Vitória, com dois objetivos: o primeiro é conhecer em detalhes o que é o Plano Plurianual e como ele é elaborado; o segundo é propor que a área da Educaçao tenha mais recursos a fim de possibilitar a infraestrutura necessária para o ensino de qualidade.

Postado em: 14/04/2011 12:13:40

Cadastramento

cadastramento2_blog.jpg

Tem início a plenária do Plano Plurianual Participativo 2012-2015 (PPA-P 2012-2015) no município de Santa Maria da Vitória, no Território Bacia do Rio Corrente. Confira algumas imagens do cadastramento do público.

Postado em: 14/04/2011 11:40:50

Consulta pública do PPA Participativo acontece dia 14 de abril em Santa Maria da Vitória

Santa Maria da Vitória sediará, dia 14 de abril, a plenária do Plano Plurianual Participativo 2012-2015 (PPA-P 2012-2015), que reunirá representantes da sociedade civil organizada e do poder público dos municípios que integram o Território de Identidade da Bacia do Rio Corrente. O encontro acontece no Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Corrente (Cetep), que fica na Avenida Professor Roberto Santos, s/n, Sambaíba. As reuniões ocorrerão durante os meses de abril e maio nos 26 Territórios de Identidade da Bahia. A abertura ocorreu dia 5 de abril, em Feira de Santana, e o encerramento será 27 de mão, em Salvador.
 
O PPA-P é uma estratégia utilizada pelo governo para apresentar à sociedade suas diretrizes estratégicas e ouvir o que a sociedade tem a dizer, quais são as suas necessidades, seus problemas e suas sugestões. O PPA-P subsidiará a elaboração do Plano Plurianual e é coordenado pelas secretarias estaduais do Planejamento (Seplan), Relações Institucionais (Sedir) e  Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir).

A participação popular será viabilizada pelo uso de diversos canais de atendimento para o cidadão contribuir com a construção do Plano Plurianual (PPA) 2012-2015. Além das plenárias, que ocorrerão entre os meses de abril e maio nos Territórios de Identidade, o cidadão pode participar por meio da Internet – no site www.ppaparticipativo.ba.gov.br -, pelo telefone da Ouvidoria (0800-284-0011), nos SAC’s e Centros Digitais de Cidadania (CDC’s) em todo o Estado.

O Plano Plurianual (PPA) é o planejamento do governo para quatro anos. Nele estão definidas as diretrizes, objetivos e metas que serão detalhadas posteriormente nas Leis Orçamentárias Anuais. Com este documento, o governo estabelece suas prioridades e sabe como gastar melhor os recursos públicos.

O PPA é um planejamento de médio prazo, que traça o caminho para alcançar as metas previstas para o Plano de Desenvolvimento Bahia 2023, documento que planejamento de longo prazo para a Bahia, tendo em vista a comemoração dos 200 anos de independência do Estado.

“O Plano de Desenvolvimento Bahia 2023 surge do entendimento que é importante que o governo saiba aonde pretende chegar nos próximos anos, para que o caminho a ser empreendido durante sua administração tenha um sentido, um eixo pré-estabelecido. Esse caminho se constrói pela fundamentação da análise de tendências e em valores com os quais o governo declarará os problemas a serem enfrentados, objetivando vencer os obstáculos interpostos entre a realidade atual e o futuro perseguido”, enfatiza o secretário do Planejamento, Zezéu Ribeiro.

O quê: Plenária do PPA Participativo 2012-2015
Onde: Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Corrente (Cetep)
Endereço: Avenida Professor Roberto Santos, s/n, Sambaíba
Quando: 14/04/2011
Horário: 8h

Postado em: 08/04/2011 12:15:46

Entrevistas - Vice-Governador e Secretários Estaduais

Estamos convidando você cidadão, para ser parceiro e co-responsável do plano de governo que vai melhorar a qualidade de vida do povo da Bahia, terra de todos nós. Esta é a essência do convite que o vice-governador, Otto Alencar, e os secretários estaduais fazem a sociedade. Todos podem participar pelo site www.ppaparticipativo.ba.gov.br. Confira os depoimentos abaixo:

Entrevista - Otto Alencar (Vice-Governador)
Entrevista - Eva Chiavon (Casa Civil)
Entrevista - Zezéu Ribeiro (Seplan)
Entrevista - Carlos Martins (Sefaz)

Postado em: 08/04/2011 11:26:58

Entrevistas - Secretários Estaduais

Estamos convidando você cidadão, para ser parceiro e co-responsável do plano de governo que vai melhorar a qualidade de vida do povo da Bahia, terra de todos nós. Esta é a essência do convite que os secretários estaduais fazem a sociedade. Todos podem participar pelo site www.ppaparticipativo.ba.gov.br. Confira os depoimentos abaixo:

Entrevista - Manoel Vitório (Saeb)
Entrevista - Maurício Barbosa (SSP)
Entrevista - Paulo Cézar Lisboa (Serin)
Entrevista - Robinson Almeida (Secom)

Postado em: 08/04/2011 11:25:47

Entrevistas - Secretários Estaduais

Estamos convidando você cidadão, para ser parceiro e co-responsável do plano de governo que vai melhorar a qualidade de vida do povo da Bahia, terra de todos nós. Esta é a essência do convite que os secretários estaduais fazem a sociedade. Todos podem participar pelo site www.ppaparticipativo.ba.gov.br. Confira os depoimentos abaixo:

Entrevista - Eugênio Spengler (Sema)
Entrevista - Paulo Câmera (Secti)
Entrevista - Almiro Sena (SJCDH)
Entrevista - Wilson Brito (Sedir)

Postado em: 08/04/2011 11:24:32

Entrevistas - Secretários Estaduais

Estamos convidando você cidadão, para ser parceiro e co-responsável do plano de governo que vai melhorar a qualidade de vida do povo da Bahia, terra de todos nós. Esta é a essência do convite que os secretários estaduais fazem a sociedade. Todos podem participar pelo site www.ppaparticipativo.ba.gov.br. Confira os depoimentos abaixo:

Entrevista - James Correia (SICM)
Entrevista - Nilton Vasconcellos (Setre)
Entrevista - Domingos Leonelli (Setur)
Entrevista - Jorge Solla (Sesab)

Postado em: 08/04/2011 11:23:15

Entrevistas - Secretários Estaduais

Estamos convidando você cidadão, para ser parceiro e co-responsável do plano de governo que vai melhorar a qualidade de vida do povo da Bahia, terra de todos nós. Esta é a essência do convite que os secretários estaduais fazem a sociedade. Todos podem participar pelo site www.ppaparticipativo.ba.gov.br. Confira os depoimentos abaixo:

Entrevista - Vanda Sá Barreto (Sepromi)
Entrevista - Carlos Brasileiro (Sedes)
Entrevista - Cícero Monteiro (Sedur)

Postado em: 08/04/2011 10:05:35

Entrevistas - Secretários Estaduais

Estamos convidando você cidadão, para ser parceiro e co-responsável do plano de governo que vai melhorar a qualidade de vida do povo da Bahia, terra de todos nós. Esta é a essência do convite que os secretários estaduais fazem a sociedade. Todos podem participar pelo site www.ppaparticipativo.ba.gov.br. Confira os depoimentos abaixo:

Entrevista - Osvaldo Barreto Filho (SEC)
Entrevista - Albino Rubim (Secult)
Entrevista - Eduardo Salles (Seagri)

Postado em: 08/04/2011 10:04:09